lentes de contato foto 3

Quais os riscos do mau uso de lentes de contato?

Quais os riscos do mau uso de lentes de contato?

Nem todo mundo pode usar ou é bom candidato ao uso de lentes de contato. É o oftalmologista que avalia quem pode usar, o grau e a curvatura da lente a ser adaptada bem como o melhor tipo de lente a ser usado.

Vale ressaltar que as lentes têm prazo de validade e não respeitar esse prazo pode ser perigoso. É preciso respeitar o tempo de descarte: algumas duram apenas um dia, outras quinze dias e existem ainda aquelas que duram um mês, mas essas não podem ficar direto no olho e precisam ser retiradas e limpas.

Não é recomendável dormir com as lentes de contato.

A disponibilidade de lentes de contato cada vez mais confortáveis e toleráveis favoreceu não só a ampliação das indicações, mas também o aumento do número de seus usuários. Como consequência deste fato as complicações associadas ao uso de lentes de contato são cada vez mais comuns.

As complicações mais frequentes, relacionadas ao uso de lentes de contato, geralmente são induzidas por trauma, diminuição da umidificação e oxigenação da córnea e conjuntiva, por alergias e por infecções causadas por fungos, bactérias e parasitas.

Uma das complicações: Hipóxia corneana.
A córnea é uma estrutura avascular, portanto o oxigênio necessário para o metabolismo do epitélio corneano e estroma anterior é obtido principalmente através da difusão do oxigênio do ar ambiente, quando os olhos estão abertos, ou dos vasos tarsais e conjuntivais, quando as pálpebras estão fechadas. A hipóxia corneana ocorre quando a demanda de oxigênio por parte da córnea não é suprida por estas vias. Tais alterações ocorrem principalmente durante a utilização de LC com baixa permeabilidade ao oxigênio, no uso prolongado (UP), e no uso excessivo de LC de hidrogel ou de lentes mal ajustadas.

Outra complicação grave e que pode levar a perda da visão:
As infecções por fungos e bactérias nas lentes de contato.
A infecção é usualmente causada por:
– limpeza e desinfecção incorretas das lentes;
– hábitos inadequados,
– não descartando as lentes no prazo certo;
– por contaminação das soluções de limpeza das lentes e uso de produtos não apropriados.
Outro fator importante que contribui para o desenvolvimento da infecção é a diminuição de oxigenação da córnea (chamada de hipóxia), causada pelo uso excessivo das lentes (todas as horas de vigília).

As lentes de contato se constituem em um corpo estranho para o olho, podendo causar danos importantes para a visão de modo que a segurança de seu uso depende da supervisão do oftalmologista.

Dra Deyse do Instituto da Visão de Lages realiza a adaptação de lentes de contato gelatinosas (esféricas e tóricas), rígidas, lentes de contato cosméticas.